PAN quer ouvir Rui Pinto, Maria Luís Albuquerque e Centeno sobre Novo Banco

Partido entregou lista com 32 personalidades que quer ouvir no Parlamento.

O PAN entregou, esta segunda-feira, uma lista de 32 personalidades que quer ouvir no Parlamento sobre o Novo Banco, entre elas os antigos ministros das Finanças Maria Luís Albuquerque e Mário Centeno o o presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho. O partido pede ainda acesso a 17 dossiers de documentação da instituição bancária.

"Pretendemos com estes pedidos procurar esclarecer tudo aquilo que neste momento não é claro quanto à gestão do Novo Banco. Exemplo disso são as ligações de caráter duvidoso no âmbito do processo das vendas a preço de saldo dos ativos dos projetos Viriato e Sertorius e da seguradora GNB Vida", palavras de André Silva, deuputado e porta-voz do PAN, que se podem ler no comunicado do partido.

O partido enviou ao Parlamento três documentos onde é possível consultar as personalidades e entidades que devem ser ouvidas durante o inquérito, tal como fez o PSD também esta segunda-feira.

"Na lista de personalidades chamadas pelo PAN à audição na Comissão Eventual de Inquérito encontram-se diversos nomes que, direta ou indiretamente, têm estado ligados aos negócios de venda dos ativos tóxicos do Novo Banco. No que respeita à venda do projeto Viriato, um dos maiores focos sobre o qual o PAN considera dever incidir o processo, o grupo parlamentar pretende chamar António João Barata da Silva Barão", lê-se na nota do PAN.

Entre as personalidades mais conhecidas estão também Carlos Costa, ex-governador do Banco de Portugal, responsáveis do Lone Star e o hacker Rui Pinto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de