PAN vai pedir reuniões setoriais com Governo

Deputada única do Pessoas-Animais-Natureza destacou a inscrição de verbas que permitam o reforço térmico das habitações e dos transportes públicos como propostas apresentadas nesta fase de discussão da lei orçamental.

A porta-voz do PAN anunciou esta segunda-feira que vai pedir reuniões setoriais com o Governo no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado, desafiando o PS para comprovar que é uma maioria dialogante.

"Este é o primeiro teste, a primeira prova de fogo, para o tipo de Governo que a maioria absoluta do PS quer ser. Se de facto vai ser uma maioria dialogante na prática, como diz, ou se vai ficar apenas pelas palavras", disse Inês Sousa Real, no final de uma audiência com o Presidente da República, no Palácio de Belém, em Lisboa.

A deputada única do Pessoas-Animais-Natureza anunciou que o partido vai pedir reuniões setoriais com o executivo socialista, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022): "Esperamos que assim sejam acolhidas por parte do Governo".

Questionada sobre se houve alguma reunião com o Governo desde o início da legislatura sobre o orçamento, Inês Sousa Real disse que apenas houve o "direito de oposição".

"Esta semana vamos dar entrada das últimas propostas para a especialidade no Orçamento do Estado. Já temos as nossas prioridades definidas, vamos pedir reuniões setoriais quer em matéria climática, quer em matéria de igualdade - são matérias absolutamente fundamentais -, e esperamos que o Governo esteja disponível", sustentou.

A deputada destacou a inscrição de verbas que permitam o reforço térmico das habitações e dos transportes públicos como propostas apresentadas nesta fase de discussão da lei orçamental.

A proposta de Orçamento do Estado para 2022 vai ser discutida na especialidade entre os dias 23 e 25 de maio. O documento volta depois ao plenário para a votação final global, agendada para o dia 27 de maio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de