PCP contra obrigação do uso de máscaras nas escolas

Partido Comunista Português lembra que uma das medidas que mais facilitaria a recuperação da normalidade na educação seria o fim da imposição da máscara nas escolas.

O Partido Comunista Português defendeu, esta terça-feira à tarde, que não há razões que justifiquem o prolongamento da obrigação do uso de máscaras nas escolas. Os comunistas lembram que esta medida está a ser aplicada há dois anos e que o avançar da vacinação alterou substancialmente as razões que levaram, inicialmente, a esta decisão.

"O uso de máscara nas escolas constitui, conforme comprovam professores e outros agentes educativos, uma forte limitação às aprendizagens e um fator de condicionamento à sociabilidade em meio escolar, cujo prejuízo é hoje evidente", pode ler-se no comunicado.

Nesta breve nota, o PCP termina lembrando que uma das medidas que mais facilitaria a recuperação da normalidade na educação seria o fim da imposição da máscara nas escolas.

O Chega, Iniciativa Liberal e Bloco de Esquerda também já pediram o fim da utilização de máscaras nas escolas, com o PS a considerar "completamente estapafúrdio" ser o Parlamento a decidir unilateralmente sobre essa matéria.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de