"Portugal vai saltar de alegria com a eleição do Tino"

É a convicção do líder do RIR - Partido Reagir-Incluir-Reciclar que esta tarde andou em campanha por Mirandela, no distrito de Bragança.

Final da tarde, com a temperatura a rondar os zero graus, o candidato do RIR, na companhia do cabeça de lista por Bragança, Bruno Ceriz, apresenta-se a um grupo de jovens estudantes num café da cidade de Mirandela e a empatia foi imediata. "Quer um fino? É que nós pagamos", pergunta um dos estudantes, ao que Vitorino responde: "Claro que sim, pode ser."

No café Pelé, Vitorino lá fez mais um trocadilho com os craques da bola para deixar a ideia que é preciso um deputado biológico no Parlamento. "Achei graça ao nome do café. Faz-me lembrar que o Brasil tem o Pelé, em Portugal temos o Ronaldo e é preciso um deputado que faça a diferença no Parlamento, um deputado biológico porque estamos fartos de deputados de estufa", diz

Em terra transmontana, Vitorino Silva não quis enveredar pelo habitual chavão utilizado por quase todos os líderes partidários de que é necessário trazer gente e investir mais no interior para travar a desertificação: Tino entende que a solução está nos próprios transmontanos.

"Quem tem de segurar a região é o verdadeiro transmontano: que nunca se esqueçam da sua terra, que não tenham vergonha de dizer que são de Trás-os-Montes e que se fixem na sua terra, porque aqui há de tudo, tem qualidade de vida, tem a melhor gastronomia, tem microclima, tem o antes quebrar do que torcer que Miguel Torga tanto falava com amor, mas há muita gente que tem vergonha de dizer que é da terra de Miguel Torga", afirma.

O líder do RIR fez questão de estar no distrito de Bragança que lhe tem dado bons resultados eleitorais. "Aqui fiquei em quarto lugar nas duas vezes que concorri às presidenciais, pelo que tenho muita força, tal como no país todo porque toda a gente me conhece só não me conhecem os diretores das televisões e das empresas de sondagens", refere.

Vitorino Silva está confiante que agora será mesmo de vez e vai chegar ao Parlamento. "Tenho a certeza que domingo à noite quando soltarem os gráficos, Portugal vai saltar porque sei que é desta que o povo quer o Tino no Parlamento."

Foi Vitorino Silva a espalhar confiança na terra das alheiras.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de