Presidente guineense condecora Marcelo Rebelo de Sousa com medalha Amílcar Cabral

Chefe de Estado português está em visita oficial à Guiné-Bissau.

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, foi esta terça-feira agraciado com a medalha Amílcar Cabral, a mais alta condecoração do Estado da Guiné-Bissau, pelo seu homólogo guineense, Umaro Sissoco Embaló.

"É justo reconhecer que o chefe de Estado da República Portuguesa tem feito um notável esforço no sentido de melhor estreitar as relações bilaterais e de cooperação e de aproximação entre os nossos dois Estados", refere o decreto presidencial para justificar a atribuição da mais alta condecoração da Guiné-Bissau.

A cerimónia de condecoração antecedeu as declarações conjuntas feitas pelos dois chefes de Estado à comunicação social no Palácio da Presidência, em Bissau.

O Presidente português iniciou segunda-feira uma visita oficial à Guiné-Bissau, que termina hoje.

No âmbito do programa de visita, Marcelo Rebelo de Sousa vai deslocar-se durante a tarde ao cemitério de Bissau para prestar homenagem a antigos combatentes portugueses ali sepultados e realizar encontros com o presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá, e o primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Nabiam.

O anterior Presidente português a realizar uma visita oficial à Guiné-Bissau tinha sido Mário Soares, em 1989, há 31 anos e seis meses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de