Presidente são-tomense manifesta "muita satisfação" pela reeleição de Marcelo

Evaristo Carvalho quer reforçar as relações de amizade, solidariedade e cooperação entre São Tomé e Portugal.

O Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho, manifestou esta segunda-feira "muita satisfação" pela "brilhante reeleição" de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República de Portugal.

"Foi com muita satisfação que tomei conhecimento de sua brilhante reeleição como Presidente da República Portuguesa", disse Evaristo Carvalho, em mensagem de felicitação enviada hoje ao seu homólogo português.

Na mensagem, o chefe de Estado de São Tomé e Príncipe expressou a Marcelo Rebelo de Sousa "as mais vivas e calorosas felicitações" pela vitória nas presidenciais de domingo em Portugal.

"A sua reeleição para a continuidade na chefia do Estado reflete a confiança que o povo português deposita na forte liderança que Vossa Excelência vem exercendo neste momento tão difícil que o mundo atravessa na luta titânica contra a pandemia de Covid-19, assim como a consequente retoma económica", referiu o texto da mensagem enviada por Evaristo Carvalho.

O governante são-tomense aproveitou para expressar desejos de "boa saúde e felicidade pessoal" para Marcelo Rebelo de Sousa, bem como "reiterado progresso e prosperidade para o povo português".

Evaristo Carvalho reiterou também "firme empenho em trabalhar" com o Presidente reeleito, "no sentido de reforçar as excelentes relações de amizade, solidariedade e cooperação existentes entre" os "dois povos e países".

Numa outra mensagem, o Presidente são-tomense manifestou também "imenso prazer" e felicitou Faustin Archange Touadéra pela sua reeleição como Presidente da República Centro-Africana.

Evaristo Carvalho expressou igualmente desejos de reforçar e fortalecer a relações de amizade e solidariedade entre os dois Estados.

Marcelo Rebelo de Sousa, com o apoio do PSD e CDS-PP, foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos, segundo os resultados provisórios apurados em todas as 3.092 freguesias e quando faltava apurar três consulados.

A socialista Ana Gomes (apoiada pelo PAN e Livre) foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%, seguindo-se André Ventura (Chega), com 11,90%, João Ferreira (PCP e Verdes) com 4,32%, Marisa Matias (Bloco de Esquerda) com 3,95%, Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal) com 3,22% e Vitorino Silva (Reagir, Incluir e Reciclar - RIR) com 2,94%.

A abstenção foi de 60,5%, a percentagem mais elevada de sempre em eleições para o Presidente da República em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de