PS nota que há "condições para aliviar restrições", PSD aplaude especialistas

Socialistas defendem que é necessário manter níveis de "responsabilidade individual elevados". PSD defende esclarecimento aos pais face à vacinação dos mais novos.

Numa reação no Largo do Rato, o secretário-geral adjunto, José Luís Carneiro, defende que "há condições para começarmos a aliviar algumas das medidas restritivas", no entanto é necessário manter níveis de "responsabilidade individual elevados".

José Luís Carneiro não se alonga sobre que restrições poderão vir a ser aliviadas, mas crê que as da restauração ao fim de semana pode ser uma delas. Desde que, ressalva, sejam acompanhadas por medidas de responsabilidade individual, leia-se manutenção do distanciamento e lavagem das mãos.

Numa farpa para o PSD, José Luís Carneiro nota que, com as declarações de que poderá haver uma pequena vaga da pandemia no inverno, a marcação das autárquicas para 26 de setembro parece ser a decisão mais acertada.

PSD aplaude reconhecimento dos especialistas sobre necessidade de avaliar pandemia com mais variáveis

Ricardo Baptista Leite, na Assembleia da República, nota que "finalmente há um reconhecimento da parte dos especialistas" de que o combate à pandemia não deve ser feito como era em 2020.

"Finalmente, depois de uma discussão de semanas sobre a necessidade de rever a matriz de risco - os indicadores que as autoridades usam para determinar medidas mais ou menos restritivas - há um reconhecimento por parte dos especialistas de que não podemos continuar a responder à pandemia em julho de 2021 como respondíamos em março de 2020", defendeu o vice-presidente da bancada do PSD Ricardo Baptista Leite, em declarações aos jornalistas no parlamento.

Para o deputado, "há um verão inteiro pela frente" e é necessário que o Conselho de Ministros tome medidas o mais rapidamente possível para que seja possível minimizar impactos na economia.

Sobre vacinação, o deputado do PSD nota a importância da campanha de vacinação, mas destaca que é preciso haver uma decisão acerca dos mais jovens. Defende Baptista Leite que os pais devem estar muito esclarecidos sobre a vacinação em crianças e, por isso, pede para que quando houver uma decisão seja feita uma forte campanha de esclarecimento que a sustente.

Já sobre as novas variantes, Ricardo Baptista Leite realça que se não fosse a variante delta, a situação estaria muito mais controlada. No entanto, o deputado destaca que devem ser feitos todos os esforços para garantir a sequenciação genómica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de