Quem são os novos secretários de Estado?
Remodelação do Governo

Quem são os novos secretários de Estado?

Remodelação no Governo abrange as secretarias de Estado da Saúde, Educação, Infraestruturas e Mar.

O proposta do primeiro-ministro para a "mini" remodelação no Governo foi aceite pelo Presidente da República, que dará posse na quinta-feira aos novos secretários de Estado. A mudança abrange as pastas da Saúde, Educação, Infraestruturas e Mar.

Sai Jamila Madeira, entra Diogo Serra Lopes

Em plena pandemia, a ex-líder da Juventude Socialista e antiga eurodeputada Jamila Madeira é substituída por Diogo Serras Lopes, ex-assessor no gabinete do primeiro-ministro e atual vice-presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde.

O novo secretário de Estado é licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa e frequentou o mestrado em Ciência Política no ISCTE.

Diogo Serras Lopes começou a carreira como jornalista na revista Economia Pura.

Com esta mudança, o secretário de Estado António Lacerda Sales sobe a número dois.

Inês Ramires: de chefe de gabinete a Secretária de Estado da Educação

Numa altura em que milhares de alunos regressaram às aulas, Inês Ramires regressou ao Governo. A jurista substitui Susana Amador na secretaria de Estado da Educação. Nascida em 1980, em Aveiro, foi chefe de Gabinete do ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues na anterior legislatura.

Dois ex-assessores de Pedro Nuno Santos na Habitação e Comunicações

No ministério das Infraestruturas e da Habitação há duas remodelações: Hugo Santos Mendes, chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos, entra para substituir Alberto Souto de Miranda - que era, até aqui, secretário de Estado Adjunto e das Comunicações. Alberto Souto de Miranda vai, segundo o jornal Público, para o novo Banco de Fomento.

Na secretaria de Estado da Habitação, Ana Pinho, que estava no Governo desde o início, sai para dar lugar a Marina Gonçalves, vice-presidente da bancada parlamentar do PS.

De acordo com a biografia divulgada pelo Governo, Marina Gonçalves foi assessora de Pedro Nuno Santos no tempo da "Geringonça".

Sai José Apolinário, entra Teresa Coelho na pasta das pescas

No Ministério do Mar, também há uma saída: José Apolinário, ex-presidente da Câmara de Faro, deverá ser o nome proposto pelo PS para a CCDR do Algarve. Por isso, deixa a secretaria de Estado das Pescas, dando o lugar a Teresa Coelho.

A advogada já tinha sido assessora e chefe de gabinete do secretário de Estado das Pescas entre 1996 e 2002.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de