Rangel estará presente mas não fala antes do início do Conselho Nacional do PSD

Reunião do Conselho Nacional do PSD tem como objetivo votar as listas de candidatos a deputados às próximas legislativas e uma eventual coligação pré-eleitoral com o CDS.

Após ponderar, Paulo Rangel irá estar presente, esta terça-feira, no Conselho Nacional do PSD, que tem início marcado para as 21h00, mas não prestará declarações antes do início dos trabalhos, confirmou esta manhã à TSF.

O Conselho Nacional do PSD reúne-se esta terça-feira à noite em Évora para votar as listas de candidatos a deputados às próximas legislativas e uma eventual coligação pré-eleitoral com o CDS, mas apenas se essa for proposta pela direção.

Esta será a primeira reunião do Conselho Nacional depois de Rui Rio ter sido reeleito presidente do PSD em eleições diretas, derrotando Paulo Rangel por cerca de 52,4% dos votos.

No seu discurso na noite das diretas, em 27 de novembro, Paulo Rangel fez um apelo à união do partido com vista às legislativas, dizendo estar disponível para "uma colaboração leal e efetiva" com a direção, e disse esperar sinais dessa unidade nas listas de candidatos a deputados.

Hoje, Rui Rio começará por reunir a Comissão Permanente (o núcleo duro da direção), seguindo-se a reunião da Comissão Política Nacional (CPN), pelas 15h00, e será este órgão a decidir se propõe ao Conselho Nacional que o PSD concorra sozinho às eleições de 30 de janeiro a nível nacional ou coligado com o CDS-PP e eventualmente com o PPM, como se verifica atualmente numa aliança governativa Açores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de