Rio diz que bazuca é afinal uma "metralhadora" porque Costa "dispara de rajada"

Líder do PSD recordou o que aprendeu na tropa para falar da HK21: "Dispara que nunca mais para." António Costa, diz, faz o mesmo nos concelhos que visita.

O presidente do PSD ironizou hoje que, apesar de António Costa chamar bazuca ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), na verdade trata-se de uma metralhadora, já que o primeiro-ministro "dispara de rajada", em vez de com tiros certeiros.

No primeiro almoço comício da campanha, na Maia, Rio avisou a plateia (cerca de 200 pessoas) que nem todos perceberiam os termos técnicos que iria utilizar.

"O que é uma bazuca? Uma bazuca dispara tiro a tiro e o dr. António Costa dispara de rajada, não é uma bazuca, é uma metralhadora", apontou, em tom bem-disposto, entre risos e aplausos dos apoiantes.

Mas, continuou, nem sequer se trata de uma metralhadora G3, mas de uma HK21.

"Eu aprendi na tropa e disparei com a HK21, é que a HK21 tem uma fita, e aquilo carrega-se, tem dois pés à frente, e aquilo dispara que nunca mais para, tatatatatatata", disse, simulando o som dos 'tiros.

"Estou a ver que pouca gente fez a tropa e não está familiarizada com estes termos", acrescentou.

Além do mais, considerou, estes 'disparos' do primeiro-ministro nem sempre são certeiros, estranhando que António Costa tenha passado pela Maia e nem sequer tenha falado da ligação do metro.

"Mete-se no carro, dá umas rajadas, volta para o carro, e sai noutro concelho e dá mais rajadas (...) Tem prometido, mas sem critério nenhum, deve ser um papelinho que lhe põem à frente", considerou.

Rio disse confiar que, quer na Maia, quer no resto do país "os portugueses vão perceber que isto não é forma de fazer campanha", chamando a António Costa "o primeiro-ministro da metralhadora HK21".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de