Salvador Malheiro esclarece: "Anúncio de candidatura terá lugar no timing que eu bem entender"

Autarca de Ovar faz parte da lista de 77 autarcas que têm a aprovação prévia do PSD se decidirem recandidatar-se nas autárquicas.

O atual presidente da Câmara de Ovar afirmou esta quarta-feira, à TSF, que o momento para anúncio de uma candidatura social-democrata às eleições autárquicas de 2021 deve ser escolhido pelo próprio candidato. Ainda assim, Salvador Malheiro confirma que participou no processo de construção da lista de 77 presidentes de câmara que já contam com apoio prévio do PSD se decidirem recandidatar-se.

"Tenho motivação para continuar, tenho vontade para continuar mas essa decisão, esse anúncio de candidatura terá lugar no timing que eu bem entender. Não acho que seja agora, sobretudo porque tenho o meu mandato para terminar. E, para ficar claro de uma vez, estou de alma e coração com esta direção nacional e, aliás, esta decisão também teve o meu contributo", disse à TSF Salvador Malheiro, que sublinha fazer parte da direção nacional, é vice-presidente do partido e faz parte da comissão nacional autárquica.

No Facebook, Salvador Malheiro já tinha deixado o esclarecimento de que a sua decisão será tomada "no seu devido tempo".

Cerca de 30 minutos depois da primeira publicação, o autarca de Ovar esclareceu: "Não desminto a Direção Nacional, bem pelo contrário! Estou de Alma e Coração com a mesma!"

As declarações do autarca que cumpre atualmente o segundo mandato à frente daquela autarquia do distrito de Aveiro e é vice-presidente nacional do PSD, surgem depois de o partido ter divulgado uma lista de autarcas que se podem recandidatar "na hora e no momento que desejarem", por já terem homologação garantida por parte da estrutura hierárquica social-democrata.

Contactado pela Lusa, Salvador Malheiro ainda não quis falar da recandidatura, mas disse ter participado no processo que conduziu à listagem prévia de 77 presidentes de câmara previamente validados pelo PSD para a corrida às urnas, como tornado público esta manhã pelo secretário-geral e coordenador autárquico nacional do partido, José Silvano.

"Houve muito má interpretação deste assunto", defende Salvador Malheiro, que classifica a conferência de imprensa de Silvano como "cristalina".

O PSD apresentou hoje uma lista de 101 nomes homologados pela Comissão Política Nacional do partido como candidatos a presidentes de outras tantas câmaras nas próximas autárquicas, 77 dos quais são atualmente os presidentes em exercício nas respetivas autarquias.

"Tendo vontade de se recandidatarem, terão um processo de homologação extremamente facilitado no dia, na data e na hora em que decidirem apresentar as suas candidaturas, caso seja essa a sua decisão", esclareceu Salvador Malheiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de