"Sinto que estou a ser testado, como o meu partido." Líder do CDS pede votos "com coração e com razão"

Quanto ao futuro do líder do CDS, "nunca será indiferente à escolha dos portugueses", mas Rodrigues dos Santos declara que confia na "escolha dos portugueses".

Francisco Rodrigues dos Santos já votou, em Lisboa. O líder do CDS-PP espera que "hoje seja um dia feliz para Portugal", e rejeita estar com o coração pesado. Diz-se, pelo contrário, "com o coração ao largo", porque está "convencido de que será um dia feliz".

O líder centrista admitiu não ter um discurso escrito nem preparado para qualquer resultado. Pelo contrário, toma umas notas e fala "ao sabor do coração".

"Com confiança." É como se diz Francisco Rodrigues dos Santos, que no resto do dia estará com a família e ainda vai à missa. Após votar, deixa também um apelo: "Que os portugueses vençam o medo e combatam a abstenção."

O centrista acrescenta que espera que o resultado seja "conforme o esperado e o esforço" por si feito, admitindo que "todos os políticos são testados" nestes momentos.

"Sinto que estou a ser testado, como o meu partido", sublinha, dizendo que é "com humildade" que acolherá o desfecho desta noite eleitoral. Quanto ao futuro do líder do CDS, "nunca será indiferente à escolha dos portugueses", mas Rodrigues dos Santos declara que confia na "escolha dos portugueses".

"Votem com a razão e com o coração", aconselha, sustentando que "o único desejo que formula de forma expressa" é para que todos votem porque "em democracia não há lugares vazios nem vazios de poder".
LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de