Marcelo sobre o estado de contingência: "Temos de prevenir o que vem aí"

O Presidente da República lembra que há novos desafios no combate à expansão da Covid-19 em setembro. Uma nova fase com a reabertura das escolas e o retomar, gradual, das atividades.

Marcelo Rebelo de Sousa considera que são necessárias medidas que acautelem mais uma fase de combate à pandemia, e por isso compreende a decisão do Governo de colocar em situação de contingência todo o país a partir de 15 de setembro.

"Temos de prevenir o que vem aí. Vamos ter regresso de férias, vamos ter - como é de salutar - a chegada de turistas, o começo do ano escolar e o regresso das atividades desportivas, as mais variadas", explica o Presidente da República à margem de uma visita à Feira do Livro de Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa lembra ainda que o Governo anunciou o regresso das reuniões no Infarmed com especialistas.

A Feira do Livro como sinal positivo

"Conseguiram por de pé o que muitos julgavam impossível. É uma vitória do livro, um gesto de coragem cívica e ao mesmo tempo, uma afirmação de cultura", considera o Presidente da República sobre a edição da Feira do Livro de Lisboa que começa esta quinta-feira.

A feira demonstra, no entender de Marcelo Rebelo de Sousa, como deve ser vivida a vida dos portugueses em tempos de pandemia, "com equilíbrio" entre "atividade social, cultural ou atividade económica".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de