Tino de Rans com mais votos em concelhos com menor poder de compra

Onde é que Vitorino Silva obteve mais votos? A análise que cruza variáveis económicas e sociais.

Vitorino Silva obteve mais votos nas eleições de domingo em concelhos onde o nível de escolarização é inferior à média nacional e com menor poder de compra segundo o portal de dados estatísticos EyeData.

Neste portal, os resultados eleitorais de cada partido são divididos em três, permitindo ver qual o terço dos concelhos em que cada partido obteve os melhores resultados, os piores resultados e o resultado médio.

Depois, no mesmo portal é possível cruzar esse resultado com um vasto conjunto de variáveis económicas e sociais que permitem caracterizar, em termos médios, como são os concelhos onde os partidos tiveram melhores ou piores resultados.

Segundo estes dados, nos concelhos em que o candidato também conhecido como Tino de Rans obteve votação mais elevada, a percentagem de população com 15 ou mais anos com pelo menos o secundário é de 23,76%, inferior aos 30,53 da média nacional.

Também o número de empregadores com pelo menos o ensino secundário (43,21%) é inferior à média nacional (53,23%), embora na taxa de retenção no ensino básico estes concelhos apresentem um valor mais favorável do que a média nacional: 2,41% contra 3,80%.

No caso de Vitorino Silva é também possível verificar o seguinte:

Ambiente

Em termos de ambiente, nos concelhos onde Vitorino Silva obteve votação mais elevada o consumo de energia elétrica por habitante (4.082,15 kilowatts/hora por habitante) é inferior à média do conjunto do país (4.620,76 KWh).

Os dados da Eyedata indicam também que as despesas em ambiente, no conjunto das despesas municipais, representam nestes concelhos 7,03%, abaixo da média nacional de 8,33%.

Demografia

Vitorino Silva obteve também resultados mais elevados em concelhos onde a população estrangeira representa 1,58% da população residente, um valor inferior aos 5,72% da média nacional, e onde a população com mais de 65 anos (20,77%) surge ligeiramente abaixo do que se observa no conjunto do país.

Nestes concelhos registam-se 64,03 divórcios por cada 100 casamentos, quando a nível nacional este rácio é de 60,65, mas onde os nascimentos fora do casamento e as famílias monoparentais são em número inferior à média nacional.

Economia

O ganho médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem nestes concelhos é de 977,95 euros, inferior ao valor médio registado no país, de 1168,42 euros e o poder de compra é igualmente mais baixo: 81,19 pontos, face ao índice 100 da média nacional.

A nível económico verifica-se ainda que a produtividade aparente do trabalho das empresas não financeiras é nestes concelhos 15,9% inferior à média nacional.

Sociedade

Nestes concelhos, o número de camas em hospitais por mil habitantes (1,05) é menos de metade da média nacional (3,13 camas).

Também no número de médicos por mil habitantes, os dados dão conta de um valor inferior em 41,9% à média nacional, ou seja, nestes concelhos existem 31,3 médicos por cada mil pessoas, enquanto a nível nacional este rácio é de 5,39.

A percentagem de casamentos não católicos nos concelhos onde a votação de Tino de Rans foi elevada é de 57,52% do total de casamentos registados, um valor inferior aos 69,36% de média nacional.

Os dados mostram ainda que os crimes registados pelas polícias ascendem a 241,25, por cada 10 mil habitantes, inferior à média nacional de 314,61.

Covid-19

Vitorino Silva conseguiu ainda mais votos nos concelhos em que a pandemia de covid-19 se tem feito sentir de forma mais acentuada, com os dados a indicarem a existência, nos últimos 14 dias, de 4.494,41 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, contra os 3.236,99 casos a nível nacional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de