Verdes com "otimismo moderado" sobre execução do Orçamento e abertura para negociar

Líder parlamentar do Partido Ecologista "Os Verdes" afirmou que, das propostas do partido incluídas no atual Orçamento, cerca de 40% já foram executadas.

Os Verdes saíram esta terça-feira da reunião com o Governo com um "otimismo moderado" quanto à execução do Orçamento do Estado para 2021, adiantando que haverá uma primeira reunião com o Governo sobre o documento para 2022 ainda em julho.

Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião com o Governo com o objetivo de fazer o balanço da execução orçamental do primeiro semestre, o líder parlamentar do Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) afirmou que, das propostas do partido incluídas no atual Orçamento, cerca de 40% já foram executados e os restantes 60% "estão em andamento".

"Em relação ao Orçamento do Estado para 2021, consideramos que há um otimismo moderado e a esperança de que, até ao fim do ano, todas as propostas dos Verdes sejam executadas", afirmou José Luís Ferreira.

O deputado começou por dizer que a avaliação que o partido fizer desta execução "não interfere em nada" com a perspetiva sobre o Orçamento do Estado para 2022, que será analisado pelo seu conteúdo, mas acabou por admitir que "se a execução for boa facilitará a disposição" do PEV para encarar o documento.

"Está apalavrada uma primeira reunião com o Governo para trocar impressões sobre o Orçamento do Estado para 2022 ainda durante o mês de julho", adiantou.

Já sobre a execução das propostas do partido incluídas no Orçamento em curso, ficou em aberto a possibilidade de uma nova reunião em setembro para "um ponto de situação mais atualizado".

José Luís Ferreira lamentou que algumas das propostas d' "Os Verdes" ainda não tenham sido concretizadas, como o Fundo de Tesouraria, que só deverá estar disponível na próxima semana e não em 01 de abril, como estava previsto.

"Isto perturbou a vida de algumas micro e pequenas e médias empresas", considerou.

O líder parlamentar do PEV apontou ainda alguns avanços na reunião com o Governo sobre os seguros na agricultura familiar ou a eficiência energética para os agricultores que pretendam optar por energia fotovoltaica, dando também como executada a proposta do partido de reforço dos meios humanos para a conservação da natureza.

Em sentido contrário, o Governo deu conta de que não há condições para o plano ferroviário nacional estar concluído antes do início do próximo ano e "Os Verdes" notaram que ainda não estão executadas propostas importantes para o partido como a remoção do amianto nos edifícios.

"Demos muita importância a esta reunião, não podíamos partir para conversas futuras sem previamente fazer um balanço do que foi executado do ponto de vista orçamental", defendeu, dizendo que o Governo entregou um documento ao partido que ficou de ir atualizando à medida que for avançando na sua execução.

O Governo está a reunir-se ao longo do dia desta terça-feira com os partidos e deputadas não-inscritas que viabilizaram o Orçamento do Estado (OE) de 2021, com o objetivo de fazer o balanço da execução orçamental do primeiro semestre.

Ao longo do dia, o Governo reúne-se com delegações do PS, PCP, PEV, PAN e com as deputadas não-inscritas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues.

A delegação do Governo é composta pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, o secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, e a secretária de Estado do Orçamento, Cláudia Joaquim.

A negociação para o Orçamento do Estado de 2022 será "uma outra etapa", assinalou a mesma fonte, sem adiantar datas para futuras reuniões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de