"Vermelhos" e "verdes" unidos. Raimundo reforça compromisso de coligação entre PCP e PEV

"Os Verdes" estão convictos de que vão regressar ao Parlamento nas próximas eleições e contam com o apoio do PCP.

O novo secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) assegura que está empenhado em reforçar a coligação com o Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) e fazer aumentar a expressão da Coligação Democrática Unitária (CDU).

Paulo Raimundo esteve, esta terça-feira, reunido com o PEV, na sede do partido ecologista, em Lisboa, onde o secretário-geral deu garantias de que a coligação entre "vermelhos" e "verdes" é para continuar.

"Reafirmámos o nosso compromisso com a Coligação Democrática Unitária e os objetivos que traçámos também para essa expressão eleitoral da nossa ação e fomos, naturalmente, muito bem recebidos", declarou o secretário-geral do PCP.

A antiga deputada d'"Os Verdes", Heloísa Apolónia, referiu que conta com o apoio dos comunistas para um regresso ao Parlamento, nas próximas eleições.

"O Partido Ecologista "Os Verdes" faz falta no Parlamento. Nota-se uma carência da voz ecologista a que "Os Verdes" davam expressão", defendeu, garantindo que o partido tem recebido "reconhecimento", por parte da população.

"Estamos a trabalhar para que daqui a quatro anos voltemos ao Parlamento e que essa voz ecologista possa, efetivamente, estar presente", sublinhou Heloísa Apolónia.

A antiga deputada deixa ainda crítica à maioria aboluta socialista, que, considera, não está a dar resposta ao aumento do custo de vida.

"O Governo assobia para o lado, continua a servir sempre os mesmos e a sacrificar sempre os mesmos - e é assim que faz aquilo a que chama de "contas certas"", atirou. "A receita é sempre a mesma e já demonstrou não ter resultado."

Heloísa Apolónia reafirma ainda temas como os transportes, a luta contra as alterações e climáticas e a contra a perda de biodiversidade como bandeiras do partido - questões sobre as quais pretende voltar a ter maior capacidade de intervenção política, contando com o PCP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de