"Vitória pessoal e política de Carlos Moedas." Medina assume derrota em Lisboa

Fernando Medina agradeceu a confiança dos lisboetas e disse que "foi um privilégio servir" a cidade de Lisboa.

Fernando Medina assumiu este domingo a derrota nas eleições autárquicas, em Lisboa, tendo sido recebido no Pátio da Galé com um forte aplauso. Nas primeiras palavras, o até aqui autarca de Lisboa felicitou a coligação "Novos Tempos", de Carlos Moedas, por "uma indiscutível vitória pessoal e política".

Visivelmente emocionado, Medina sublinhou que já contactou Moedas pela vitória neste ato eleitoral.

"Foi um privilégio servir esta cidade", disse, agradecendo a confiança aos lisboetas. "Por um voto se ganha, por um voto se perde. Perdi estas eleições", refere Fernando Medina, que alarga os seus agradecimentos à sua equipa dos últimos cinco anos.

"A derrota de hoje é pessoal e intransmissível. O PS fez tudo, em todos os momentos, para que nós pudéssemos ter os recursos, os meios para fazermos diferente", frisou.

Questionado pelos jornalistas, Fernando Medina não estende esta derrota ao PS. O autarca insistiu que a perda da Câmara de Lisboa é uma "derrota pessoal e não transmissível".

"O que falhou foi a capacidade de mobilizar os lisboetas que este era o melhor projeto para prosseguirmos o futuro da cidade de Lisboa e isso, a responsabilidade é minha e só minha", sublinhou.

Medina não respondeu se vai assumir o cargo de vereador na autarquia, indicando que vai dedicar-se a uma transição de pasta exemplar ao seu sucessor, Carlos Moedas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de