Saúde

Alfredo da Costa: Enfermeiros dizem que receberam garantia de que serão integrados

A Ordem dos Enfermeiros anunciou hoje que a administração do Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) lhe comunicou que os 240 enfermeiros que exercem funções na Maternidade Alfredo da Costa (MAC) serão todos integrados.

Em comunicado, a Ordem dá conta de uma reunião entre a secção regional do sul da Ordem dos Enfermeiros com conselho de administração do CHLC, durante a qual foi abordado o encerramento da MAC.

«Foi afirmado pelo conselho de administração [do CHLC] que existe capacidade instalada nas unidades hospitalares implicadas neste processo para a realização dos partos que atualmente se realizam na MAC, concretamente: Hospital de Cascais, Hospital de São Francisco Xavier, Hospital de Loures, Hospital de Vila Franca de Xira, Hospital de Santa Maria, bem como no Hospital Dona Estefânia», prossegue o comunicado.

Os enfermeiros congratulam-se com este compromisso, «uma vez que é o garante do efetivo acesso da população aos cuidados de saúde, bem como garante a manutenção do elevado nível de especialização dos cuidados prestados pela MAC, nas áreas da saúde materna e da saúde infantil».

  COMENTÁRIOS