Saúde

PR destaca esforço do Governo na prestação de cuidados aos utentes

O Presidente da República sublinha que o Governo está a tentar conciliar o rigor orçamental de recursos escassos com a garantia de prestação de cuidados aos utentes.

«Eu não quero falar em medidas economicistas, na medida em que sei que o Governo tem que gerir com muito rigor recusos orçamentais que são escassos», afirmou o Presidente da República em Mirandela.

No entanto, sublinhou «a saúde é um bem essencial para todos nós, pelo que compreendo que os cidadãos prestem uma atenção muito particular aos cuidados de saúde».

«Mas, quanto sei, o Governo está a tentar conciliar o rigor na gestão dos recursos orçamentais escassos com a garantia de prestação de cuidados aos utentes», acrescentou.

Cavaco Silva foi ainda recebido, durante a manhã, com cartazes de protesto e palmas.

Os cerca de 50 trabalhadores dos laboratórios privados de análises do distrito de Bragança saudaram o Presidente da República à chegada a Mirandela, afirmando que apenas queriam dar a saber a Cavaco Silva a situação por que estão a passar.

Os trabalhadores protestam porque - sublinham - a unidade de local de saúde está a discriminá-los.

Ana Correia, uma das trabalhadores que esteve à espera do chefe de Estado, acrescentou que os trabalhadores têm medo de perder os empregos.

Todas as reivindicações foram entregues num documento ao chefe da Casa Civil do Presidente da República.

O Presidente da República prometeu entregá-las às entidades devidas.

  COMENTÁRIOS