Segurança

Polícias podem fazer "greve às multas" em dezembro

O sindicalista Paulo Rodrigues garantiu que os polícias «não vão parar na luta» e que «se o Governo não der uma resposta muito clara» a "greve às multas" acabará por acontecer.

Os polícias podem fazer "greve às multas" em dezembro, apelo que circulou na manifestação das forças de segurança, que culminou com a subida à escadaria do Parlamento.

PUB

Paulo Rodrigues, líder da Comissão Coordenadora Permanente, que reúne vários sindicatos das Forças de Segurança, explicou que «esses papéis de iniciativa de alguém».

«Sei que se o Governo não der uma resposta muito clara é evidente que são iniciativas que com certeza vão fazer. Não vão parar na luta e isso é uma garantia», acrescentou o sindicalista, que também é presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Polícia.

Em declarações à TSF, Paulo Rodrigues sublinhou que «são os próprios polícias que, por sua iniciativa, querem lutar para alterar este estado de coisas».