A partir da meia-noite: seis distritos em alerta laranja de incêndio por uma semana

Meios de combate vão ser pré-posicionados em locais "historicamente mais vulneráveis" ao fogo.

A Proteção Civil decidiu colocar seis distritos em alerta laranja de risco de incêndio a partir das 00h00 desta sexta-feira e até às 23h59 do próximo dia 15 de julho, pré-posicionando também os meios de várias corporações de bombeiros.

Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Castelo Branco e Santarém são os distritos que vão ver elevado o seu nível de alerta, ficando os restantes 12 sob alerta amarelo.

Em conferência de imprensa a partir da sede nacional da Proteção Civil, em Carnaxide, o coordenador André Fernandes adiantou também que o dispositivo de combate a incêndios vai ser reforçado com o pré-posicionamento dos meios de várias corporações de bombeiros em locais "historicamente mais vulneráveis".

Ao todo, serão 535 os operacionais que vão materializar este reforço, tendo também a Proteção Civil pedido à Guarda Nacional Republicana e ao Instituto da Conservação da Natureza e Florestas que aumentem o grau de prontidão de forma a garantir vigilância, capacidade de intervenção e disponibilização de meios.

O responsável deixou também o apelo para que "todos os cidadãos tenham comportamentos adequados", nomeadamente na utilização de fogo ou brasas em meios rurais, "afastando-se dos espaços florestais".

"Se virem colunas de fumo deem o alerta e liguem 112", pediu também André Fernandes.

Há, na tarde desta quinta-feira, quatro incêndios ativos em Portugal e que mobilizam mais de mil operacionais em Sever do Vouga (Aveiro), Guarda, Carrazeda de Ansiães (Bragança) e Ourém (Santarém).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de