A homenagem a Jorge Coelho na Circulatura do Quadrado

O ex-ministro nos governos de António Guterres e comentador da TSF tinha 66 anos.

Jorge Coelho, o antigo governante, que morreu esta quarta-feira aos 66 anos, vítima de doença súbita, foi comentador residente durante vários anos no programa Quadratura do Circulo, recentemente renomeado Circulatura do Quadrado, emitido pela TSF e pela TVI.

Na última emissão do programa, transmitida esta quarta-feira, sentiu-se a falta de um amigo. Carlos Andrade, Pacheco Pereira, Ana Catarina Mendes e Antonio Lobo Xavier deixaram a sua homenagem a Jorge Coelho.

Em mais de 30 anos a moderar o programa, "este será seguramente aquele que mais me custará fazer", começa por lamentar Carlos Andrade no início da emissão.

Pacheco Pereira recorda Jorge Coelho sobretudo como um amigo, alguém que "cultivava um sentimento antigo, que é o sentimento de amizade, e cultivava naturalmente como quem respirava."

"Era dedicado aos seus amigos e essa dedicação não pretendia ter nada em troca. Era um homem completamente gratuito nessa dedicação."

Ana Catarina Mendes diz que antigo ministro das Obras Públicas e também da Administração Interna pelo Partido Socialista "pregou a todos uma enorme partida com esta morte."

"Vou recordar sempre o Jorge Coelho solidário, o Jorge Coelho amigo, o Jorge Coelho que tinha uma alegria imensa nas coisas que fazia."

Assumindo a "comoção", de voz embargada, António Lobo Xavier recordou Jorge Coelho "com uma saudade enorme, uma amizade insubstituível".

Dentro de dias estava combinado um almoço que já não acontecerá, lamenta. "Mas lembrá-lo-emos sempre."

OUÇA AQUI O PROGRAMA CIRCULATURA DO QUADRADO NA ÍNTEGRA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de