A nova subvariante da Delta, combater empresas com precários e outros destaques TSF

A manhã informativa ficou ainda marcada pelos dados do Eurostat sobre a dívida pública portuguesa e pelo treinador do Bayern de Munique infetado pelo coronavírus, após o jogo do clube alemão com o Benfica.

Entre os assuntos que definiram a manhã desta quinta-feira está o coronavírus, com o aparecimento de uma subvariante da Delta, da qual já há registo de nove casos em Portugal. Chama-se AY4.2.

Ouvido pela TSF, Gustavo Tato Borges, vice-presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública, considera que não há razão para alarme. É preciso atenção a esta nova subvariante, mas não dramatização.

Pela Europa, há uma nova vaga de Covid-19 a alastrar, atingindo sobretudo os países com taxas de vacinação baixas. O Centro e o Leste europeus estão a ser os mais afetados. A situação está a obrigar os governos a reimpor restrições.

Na ordem do dia está também a medida, avançada pelo Governo, que irá proibir as empresas com trabalhadores precários de prestar serviços ao Estado. A proposta de lei não reúne o acordo dos parceiros sociais, mas deve ser aprovada, esta quinta-feira, pelo Conselho de Ministros.

Para o PCP, no entanto, a proposta do Governo não chega. Os comunistas consideram que a medida é insuficiente e "não resolve a questão estrutural de fundo da precariedade de muitos trabalhadores da administração pública".

Já o Movimento Precários Flexíveis defende que para que a medida proposta pelo Executivo de António Costa tenha alcance, é preciso haver fiscalização.

O Eurostat divulgou, esta manhã, o rácio da dívida pública em relação ao PIB na zona euro e na União Europeia. Portugal é o país com o terceiro maior rácio de dívida (135,2%) entre os Estados-membros, sendo apenas ultrapassado pela Grécia e pela Itália.

E depois de ter estado ausente do jogo da última noite, entre o Benfica e o Bayern de Munique, o treinador do clube alemão testou positivo à Covid-19. Julian Nagelsmann vai regressar sozinho a Munique e ficar em isolamento. O Benfica já anunciou que vai voltar a testar ao coronavírus todo o plantel e a equipa técnica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de