A supremacia da Ómicron, o apelo da DGS aos pais e outros destaques TSF

A manhã informativa fica ainda marcada pelo incêndio numa casa em Rio Tinto que fez dois mortos.

Nesta última manhã de 2021, a TSF e o Diário de Notícias ouviram o juiz Manuel Soares, no programa "Em Alta Voz". Na entrevista, o juiz confessa que a justiça lenta não é uma justiça eficaz, revela a tentação da política interferir na independência dos tribunais e denuncia que nem todos os cidadãos têm acesso à justiça da mesma forma.

Na ordem do dia está um incêndio numa casa em Rio Tinto, no concelho de Gondomar, que causou duas vítimas mortais, além de um ferido grave e um ferido ligeiro. A Polícia Judiciária já está a investigar o caso. O autarca de Gondomar adianta que a habitação que ardeu se encontrava ilegal em condições precárias e que estava já prevista a sua demolição.

Destaque também para o apelo feito pela diretora-geral da Saúde aos pais, para que autoagendem a vacinação dos filhos contra a Covid-19. Graça Freitas quer que sejam evitadas esperas e ansiedade desnecessárias.

Já esta manhã, o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) divulgou o mais recente relatório das linhas vermelhas da pandemia. Os dados mostram que a variante Ómicron é agora responsável por 82,9% das infeções em Portugal.

No Hospital de Vila Franca de Xira, estão agora suspensas as visitas aos doentes internados. Devido ao aumento de casos da variante Ómicron, são agora apenas permitidos acompanhantes nos serviços de pediatria e ginecologia e obstetrícia.

Também lá por fora o final do ano é marcado pela Covid-19 e pela ameaça da Ómicron. Em Espanha, onde houve mais de 161.600 infetados nas últimas 24 horas, não há uma estratégia a nível nacional e as medidas de prevenção variam em cada comunidade. Já Israel não perde tempo e avança, esta sexta-feira, com a campanha para administrar a quarta dose da vacina contra a Covid.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de