Acidente em prova de automobilismo faz dois mortos

Dois mortos, dois feridos graves e seis ligeiros depois de um carro ter saído para cima do público na prova de automobilismo Rampa Porca de Murça.

Este domingo, um veículo de competição, o BMW E30 M3 do piloto Luis Silva descontrolou-se já no fim da prova e ao passar a meta embateu nos railes de proteção e galgou a zona onde se concentrava o público.

O acidente provocou dois mortos, dois feridos graves e seis ligeiros de acordo com a informação prestada à TSF pelo presidente da Câmara de Murça, Mário Artur Lopes. Os feridos foram transportados para o hospital de Vila Real.

A Rampa Porca de Murça 2020 foi a primeiro prova do campeonato de Portugal de Montanha.

"É um dia muito triste para o automobilismo"

Para Nuno Loureiro, presidente do Clube Aventura Minho, que organiza esta competição, este é um dia de luto.

"É um dia muito triste para o automobilismo e para Rampa Porca de Murça. Há que lamentar o acidente acima de tudo e as vítimas. A nossa preocupação central é a recuperação dos outros feridos e no apoio às famílias", ressalvou à TSF Nuno Loureiro.

O carro, um BMW E30 M3, do piloto Luís Silva, descontrolou-se. Teve uma avaria mecânica que está a ser investigada.

"Neste momento está para averiguações. Sabemos que é uma avaria mecânica, já estiveram lá elementos técnicos da federação de automobilismo de volta do carro. Temos essa certeza, mas não lhe consigo definir neste momento o que aconteceu", acrescentou o presidente do clube Aventura Minho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de