Agricultores de Vila Real pedem apoios a fundo perdido

A associação dos viticultores de agricultura familiar duriense fala numa catástrofe.

Os agricultores de Vila Real estão a pedir apoios a fundo perdido, depois de o granizo que caiu durante o fim de semana ter destruído 800 hectares de vinha.

Víctor Herdeiro, presidente da Associação dos Viticultores e da Agricultura Familiar Douriense, fala em catástrofe, ainda pior do que aquilo que aconteceu a 31 de maio. Perdeu tudo e vai demorar três a quatro anos a recuperar.

Os viticultores já pediram reuniões e Víctor Herdeiro só encontra uma forma de o Estado ajudar: "nós precisamos de um subsídio a fundo perdido e vamos exigir isso ao Governo".

O pedido dos proprietários de ajudas a fundo perdido não é excluído pelo Ministério da Agricultura, mas o secretário de Estado Rui Martinho sublinha que nesta fase é cedo para anunciar que apoio será concedido.

"Neste momento temos todos os nossos serviços da direção regional de agricultura e pescas a fazer o levantamento da situação. Não foi só em Vila Real, mas também, por exemplo, na zona a sul do Douro, nomeadamente na zona de Lamego", explicou à TSF Rui Martinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de