ALFA BRAVO dá cor a muro na marginal de Lisboa

3276 blocos de cimento vão ligar Santa Apolónia ao Braço de Prata, em Lisboa, numa iniciativa da autoria do artista António Guimarães Ferreira.

Este domingo, 150 voluntários, e 30 sem abrigo, vão participar no evento ALFA BRAVO, que vai pintar os 3276 blocos de cimento que ligam Santa Apolónia, ao Braço de Prata, ao longo da Avenida Infante D. Henrique.

A iniciativa é da autoria do artista António Guimarães Ferreira, e pretende dar uma nova vida aquela obra do arquiteto Troufa Real, projetada para a Expo 98, que acabou por ser interrompida pela construção do empreendimento habitacional da Matinha, apesar se manterem inalteradas ao longo de 3800 metros.

A escolha das cores vai buscar inspiração às tonalidades utilizadas nas bandeiras do Código Internacional de Sinais, de onde também é retirado o título ALFA BRAVO, que são as palavras iniciais do alfabeto fonético, que assegura a comunicação, independentemente dos intervenientes, por ar ou mar.

O vermelho, o azul, o preto e o branco vão identificar claramente o espaço, a que será acrescentado o verde, numa alusão à necessidade de "entender o espaço urbanonum contexto mais alargado do que apenas as construções humanas, seus fluxos e motivações".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de