Albufeira cancela festejos de fim de ano. Madeira mantém tudo como previsto

A cidade algarvia decidiu não avançar com o espetáculo musical e pirotécnico. Mantém fogo de artifício em vários locais do concelho.

PorMaria Augusta Casaca
© Photo by Yiran Yang on Unsplash

Com a situação pandémica a agravar-se, a cidade de Albufeira não vai arriscar. A câmara municipal já decidiu cancelar os festejos de fim de ano. "Tinha pensado numa coisa muito semelhante e nos moldes do que se fez em 2019, mas com esta situação torna-se impossível", lamenta José Carlos Rolo. O autarca de Albufeira adianta que para assinalar a entrada de 2022 haverá apenas fogo de artifício em diferentes locais do concelho. "Será um fogo de artifício colocado em 7 ou 8 locais, para não criar concentrações de pessoas, mas também animar um pouco a noite de fim de ano."

Assim, o habitual espetáculo musical e pirotécnico que se realiza habitualmente na Praia dos Pescadores, que junta milhares de pessoas, este ano, tal como no ano passado, não vai ocorrer.

Ouça aqui a reportagem da TSF

Your browser doesn’t support HTML5 audio

A Madeira, ao contrário e por enquanto, mantém tudo igual ao que tinha programado. O secretário regional do Turismo considera que as medidas já adotadas dão à região alguma segurança. "Criámos um acesso diferente a uma zona do mercado de Natal e de uma aldeia etnográfica, característica desta altura, onde só entram pessoas vacinadas ou testadas", afirma Eduardo Jesus. Além disso, a Madeira mantém a operação no aeroporto do Funchal, onde só os que comprovem estar vacinados. Se não têm certificado, são testados. "Isso dá-nos conforto para levar por diante o programa que temos para o fim de ano." Os espetáculos, com grupos folclóricos e bandas musicais bem como o habitual fogo de artifício, grande atração turística da região, irão manter-se. "Será um fogo que vai durar 8 minutos", conta o dirigente madeirense.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG