Governo quer ver a sociedade civil representada na Ordem dos Médicos e desafia parlamento

Marta Temido sugere que seja alterado o estatuto da Ordem dos Médicos.

PorTiago Santos com Judith Menezes e Sousa
© LUSA

O governo desafia o parlamento a avançar com alterações ao estatuto da Ordem dos Médicos. A sugestão foi feita pela ministra da Saúde, esta quarta-feira no Parlamento. Marta Temido quer garantir uma melhor supervisão e pede que elementos da sociedade civil possam estar representados na Ordem dos Médicos.

Chamada ao parlamento por causa do bebé com malformações no rosto, a ministra da Saúde sugeriu, por exemplo, que "um terço dos elementos dos conselhos superiores da Ordem dos Médicos", seja constituído por elementos da sociedade civil.

Marta Temido e a supervisão

Your browser doesn’t support HTML5 audio

Marta Temido defende que desta forma se pode aumentar a "transparência" na supervisão.

O governo sugere ainda que a figura do provedor do doente, já prevista, seja finalmente concretizada.

Marta Temido e o papel do provedor

Your browser doesn’t support HTML5 audio

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG