João Rendeiro encontrado morto na prisão

O antigo banqueiro foi encontrado sem vida numa cela onde aguardava para ser esta sexta-feira ouvido em tribunal, confirmou a advogada de Rendeiro à TSF.

PorCarolina Rico

João Rendeiro foi encontrado morto na prisão onde estava detido, na cadeia de Westville, em Durban (África do Sul), confirmou a TSF junto da advogada June Marks.

O antigo banqueiro seria ouvido em tribunal esta sexta-feira, pelo que se encontrava numa cela que não era a sua, revela a advogada. Foi encontrado enforcado, mas June Marks sublinha que não é certo que se trate um caso de suicídio.

A notícia foi inicialmente avançada pela CNN, que acrescenta que as circunstâncias da morte estão sob investigação das autoridades locais.

O antigo presidente do Banco Privado Português (BPP) foi detido em dezembro de 2021 depois de ter passado três meses fugido à justiça portuguesa. Foi condenado no final de setembro a três anos e seis meses de prisão efetiva num processo por burla qualificada.

Rendeiro aguardava uma decisão sobre processo de extradição para Portugal, que contestava. "Não vou regressar a Portugal", disse aos jornalistas em dezembro, reiterando o que já tinha escrito no seu blogue pessoal, entretanto desativado, em setembro.

João Rendeiro foi condenado em três processos relacionados com o colapso do BPP, tendo o tribunal dado como provado que retirou do banco 13,61 milhões de euros.

Das três condenações, apenas uma transitou em julgado, obrigando o antigo banqueiro a cumprir uma pena de prisão efetiva de cinco anos e oito meses.

João Rendeiro foi ainda condenado a 10 anos de prisão e a mais três anos e seis meses noutros dois processos, sendo que estas duas sentenças não tinham ainda transitado em julgado.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG