O PS está em "guerra interna", assume derrota e "já prepara oposição"

Francisco Rodrigues dos Santos esteve num jantar-comício em Albergaria-a-Velha, um bastião centrista.

PorMiguel Midões
© Lusa

Em Albergaria-a-Velha, no comício da noite, o líder do CDS-PP diz que o PS está em guerra interna e já assume a derrota nestas eleições legislativas. Francisco Rodrigues dos Santos dirigiu-se a uma plateia de apoiantes de cerca de 200 pessoas, num jantar-comício no distrito de Aveiro, que diz ser "a capital do CDS", para mostrar que António Costa já está a preparar a oposição ao novo governo de direita em Portugal.

Francisco Rodrigues dos Santos está convencido ou como o próprio diz "absolutamente convencido" que, no dia 30, todos vão ver "a força do CDS".

Ouça aqui a reportagem.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

O líder do CDS-PP acredita num virar de página à direita no próximo domingo e até já vê o CDS no governo. "Já cheira por todo o Portugal, que vamos mesmo mudar de página, que vamos derrotar o socialismo e o CDS está dentro dessa maioria de direita que vai governar Portugal", afirma.

Em Albergaria-a-Velha, território democrata-cristão, Francisco Rodrigues dos Santos apontou a Pedro Nuno Santos e à receção que o cabeça de lista do PS por Aveiro fez a António Costa. "Falou durante 15 minutos e não referiu uma única vez o nome do candidato do partido socialista a primeiro ministro e isto é sintomático. É que o PS já está numa guerra interna, já assumem a derrota, já estão a preparar o próximo ciclo e já serão preparadores de uma próxima oposição ao novo governo de direita em Portugal", avança.

Ainda na carga a Pedro Nuno Santos, o líder do CDS aconselha um pedido de desculpas aos empresários, ao setor primário, aos industriais do distrito de Aveiro, pois considera que Pedro Nuno Santos "cria um delírio na extrema esquerda, que está desejosa que ele substituía António Costa para formar uma geringonça ainda mais musculada, para conduzir Portugal a um maior atraso e retrocesso económico e social", atira

O CDS convencido que será governo e que os socialistas já preparam a oposição, declarações de quem está a jogar em casa, Aveiro, a capital do CDS. Depois do destaque dado a Aveiro na volta democrata cristã, o CDS começa o dia pela feira de Barcelos e à tarde está no Porto de visita a uma empresa, acabando o dia num programa de televisão, com o humorista Ricardo Araújo Pereira.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG