Outubro arranca com subida da temperatura máxima. Termómetros podem chegar aos 33 graus

Primeiros dias de outubro vão ser quentes e sem previsão de chuva.

PorMelissa Lopes
© João Girão (arquivo)

O verão pode já se ter despedido, no calendário, mas nos próximos dias ainda dará o ar da sua graça. De acordo com a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os primeiros dias de outubro vão ser quentes, esperando-se uma subida da temperatura máxima sobretudo no fim de semana.

Para domingo, os meteorologistas preveem que as máximas possam chegar aos 30 graus em Lisboa, Coimbra, Castelo Branco e em Portalegre e ultrapassar essa fasquia em Évora, Santarém, Setúbal (33 graus) e em Beja (32 graus).

Por outro lado, o Porto e Viana do Castelo não irão além dos 25 graus neste dia. E Guarda, apesar subir até aos 24 graus no domingo, deverá registar temperaturas mínimas a rondar os 10 graus.

Nas ilhas, no arquipélago da Madeira, as temperaturas máximas vão rondar os 26 graus no fim de semana, sem previsão de chuva. Situação diferente é a que se espera para o arquipélago dos Açores, onde se prevê a ocorrência de precipitação a partir de domingo. As temperaturas máximas vão chegar aos 24 graus.

Nas primeiras duas semanas de setembro, o IPMA registou uma "diminuição significativa da situação de seca meteorológica em todo do território", graças ao que choveu por influência da tempestade Danielle. No entanto, 50.2 % do país continua em seca moderada, 45.9 % em seca severa e 0.8 % em seca extrema.

Para as semanas seguintes, no que toca à precipitação, o IPMA previa valores abaixo do normal (-10 a 1mm) para as regiões do Norte e Centro.

Já em relação à temperatura média mensal, previa "valores acima do normal para todo o território" (+0.25 e 3 ºC) em alguns locais nas regiões norte, sul e litoral centro, até dia 9 de outubro.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG