PJ deteve três suspeitos da morte de criança de três anos em Setúbal

A mulher apontada como ama de Jéssica, o marido e a filha de ambos estão indiciadas por homicídio qualificado, ofensas à integridade física grave, rapto e extorsão.

PorCarolina Rico
© Reinaldo Rodrigues / Global Imagens

A Polícia Judiciária deteve três pessoas "por fortes indícios" dos crimes de rapto, sequestro e homicídio da criança de três anos que morreu segunda-feira em Setúbal, vítima de maus-tratos.

Os detidos são duas mulheres e um homem - a suposta ama que teve a criança a seu cuidado, o marido e a filha, revela a Polícia Judiciária num comunicado enviado às redações. A mãe e o padrasto da criança também foram ouvidos durante a noite, mas abandonaram as instalações da Polícia Judiciária em liberdade.

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Segundo revelou aos jornalistas a avó de Jéssica, os sinais de maus tratos já seriam evidentes quando a mãe foi buscar a criança a casa da ama, na segunda-feira. No entanto, só algumas horas mais tarde a família terá alertado as autoridades, que mobilizaram para o local uma equipa de emergência médica do Centro Hospitalar de Setúbal. A criança foi assistida na casa da mãe e transportada ao Hospital de São Bernardo, onde foi sujeita a manobras de reanimação, mas não sobreviveu aos ferimentos.

As autoridades suspeitam que o crime tenha alegadamente sido motivado por uma dívida de centenas de euros da mãe da criança.

Notícia atualizada às 13h00

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG