Portugal tem "reserva da vacina contra a varíola humana" e estuda aquisição de nova geração

Graça Freitas garante ainda que a DGS está a estudar com peritos os prós e os contras da vacinação.

PorRui Oliveira Costa
© Rita Chantre/Global Imagens

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, confirma que Portugal tem doses de vacina contra a varíola humana. No entanto, Portugal está a estudar, em conjunto com as instituições internacionais, a aquisição da nova geração do fármaco.

Nós temos em Portugal uma reserva da vacina contra a varíola humana que foi adquirida no âmbito do bioterrorismo. No entanto, depois dessa reserva já há vacinas de outra geração", informa a diretora-geral da Saúde em entrevista à RTP.

Graça Freitas esclarece que "sempre em parceria com o Infarmed em Portugal e depois com a Organização Mundial da Saúde e através dos mecanismos europeus", a DGS está "a ver se é pertinente ou não termos essa vacina de 3.ª geração para se um grupo que já está a estudar considerar que é oportuno que as pessoas recebam a vacina".

"Com a linhagem do Infarmed, da EMA e da OMS, estamos a tratar da questão de termos a vacina de 3.ª geração. Com os peritos em vacinação, eles estão a estudar as vantagens e desvantagens de utilizar o vírus da varíola humana, porque a vacina era feita antes da erradicação da doença, que aconteceu em 1980, e as vacinas estão feitas com esse vírus", resume a diretora-geral da Saúde.

"Temos de ponderar muito bem os prós e os contras, as vantagens, os riscos e os benefícios como sempre fazemos em vacinação", refere.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A VARÍOLA DOS MACACOS

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG