Mais três mortos e 756 novos casos de Covid-19 em Portugal. Rt sobe para 1,18

Volta a ser permitida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa. Linha vermelha atingida no continente e variante Delta em força em LVT.

PorTSF
© António Cotrim/Lusa

Marcelo diz que país está "muito longe dos números" do tempo do estado de emergência

O Presidente da República considerou esta segunda-feira que a situação da Covid-19 em Portugal está "muito longe" dos números do tempo do estado de emergência e recusou comentar um eventual recuo no desconfinamento na região de Lisboa.

À saída de uma exposição no Museu Nacional de Arte Contemporânea, no Chiado, em Lisboa, questionado se, face à evolução da Covid-19, sobretudo na região de Lisboa, equaciona um regresso ao estado de emergência, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que "cabe ao Governo fazer a avaliação" da situação, mas defendeu que "não é essa a questão", relativizando os números dos últimos dias.

LER MAIS

Portugal continental já está na linha vermelha da Covid-19

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental ultrapassou esta segunda-feira os 120 casos por 100 mil habitantes, enquanto o valor para a totalidade do território situa-se nos 119,3, revelam dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), a taxa de incidência a 14 dias subiu de 100,2 para 120,1 no que respeita a Portugal continental e de 100,2 para 119,3 em todo o território nacional.

LER MAIS

Variante Delta "é já dominante em Lisboa e Vale do Tejo"

Marta Temido justifica o elevado número de novos casos com o avançar do desconfinamento, que começou já há algum tempo e antes de vários países da União Europeia, mas revela também que a variante Delta já é dominante em Lisboa e Vale do Tejo, a região que mais preocupa.

"Há uma prevalência bastante elevada da variante Delta, com transmissibilidade mais elevada e que é já dominante em Lisboa e Vale do Tejo. Sempre dissemos que as linhas são indicadores que nos levam a travar ou acelerar e tomar medidas em função daquilo que é a situação concreta. Estamos com um risco de transmissão efetivo e novos casos elevado. Temos de continuar a acelerar a vacinação, garantir o acesso a testes e que esse acesso seja efetivamente utilizado pelas pessoas", explicou a ministra da Saúde.

LER MAIS

Objetivo é chegar às 130 mil vacinas diárias em julho

A ministra da Saúde garante que os inquéritos epidemiológicos estão a ser efetuados dentro dos tempos definidos para uma boa qualidade de resposta e afirmou que, em julho, o objetivo será chegar às 130 mil vacinas administradas diariamente.

"Quando outros países europeus estão numa situação de decréscimo de infeções, nós estamos numa situação de contraciclo e é óbvio que essa situação nos é desfavorável. Na semana passada conseguimos ter a melhor semana de vacinação em termos de vacinas administradas em dias úteis. O objetivo é chegar às 130 mil vacinas administradas por dia em julho. Isto é uma batalha que ainda vai ser longa", acrescentou Marta Temido.

LER MAIS

Centro de vacinação da Cidade Universitária deverá abrir esta semana

O centro de vacinação do pavilhão da Cidade Universitária, em Lisboa, deverá ser reativado esta semana com uma equipa constituída por militares dos três ramos Forças Armadas, avançou esta segunda-feira à Lusa uma fonte da 'task force'.

Segundo a 'task force' do plano de vacinação contra a Covid-19, este centro terá capacidade de administrar diariamente cerca de 1.200 doses de vacinas e será usado, nesta fase, para vacinar no âmbito da modalidade "casa aberta", sistema para assegurar que todas as pessoas elegíveis são chamadas ao processo de vacinação.

LER MAIS

Leonardo Negrão/Global Imagens

Misericórdias querem vacinação rápida nos lares e regras para quem recuse a vacina

* Reportagem de Maria Augusta Casaca

O que está a acontecer num lar em Faro é um exemplo do que pode acontecer noutros lares do País. Pessoas que voltam a ser infetadas com Covid-19 ou por não terem sido ainda vacinadas, ou porque só têm a primeira dose da vacina.

Dos 15 utentes infetados no lar da Torre Natal, no concelho de Faro, só dois não tinham ainda recebido a primeira dose da vacina. Mas neste caso há ainda outro dado a considerar: das 21 pessoas que ficaram doentes incluem-se 4 funcionárias que recusaram ser vacinadas.

LER MAIS

Até 10 mil espectadores japoneses permitidos nas bancadas dos Jogos Olímpicos

As autoridades japonesas decidiram permitir que até 10 mil espectadores possam assistir aos eventos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas bancadas, mesmo reservando o direito de reverter a decisão, anunciou esta segunda-feira a organização da prova.

Segundo o anúncio dos organizadores, as autoridades nipónicas manterão o direito de realizar as competições, espalhadas por diversos locais na capital, à porta fechada no caso de um novo surto de Covid-19.

LER MAIS

Sociedade de Gestão de Saúde pede abertura generalizada de inscrição para vacina

A Sociedade Portuguesa de Gestão de Saúde (SPGS) apelou esta segunda-feira à abertura imediata da possibilidade generalizada de inscrição para a vacina contra a Covid-19, lembrando que os mais novos são os que têm maiores possibilidades de contágio.

Em comunicado, a SPGS sublinha a urgência de agilizar mais a vacinação e recorda que, no Reino Unido, onde a taxa de vacinação já é muito avançada, "a variante Delta tem maior capacidade de produzir doença que as variantes anteriores, é muito mais transmissível".

LER MAIS

E depois da Covid-19, quando a confusão mental e a depressão se abatem. "É como se a cabeça estivesse vazia"

Maria Emília dos Santos Ramos diz ser um argumento vivo, contundente, de que a Covid-19 não é para menosprezar. "A gripe não tira a vontade de viver, uma gripe não tira a nossa memória, uma gripe não nos tira o ar, não tira as forças. Quando a gripe acaba, volta tudo ao normal, e eu, passados seis meses, não tenho nada que tivesse regressado ao normal." A Covid-19 alterou-lhe a respiração e o pulso de vida, foi como um soco que a deixou a contorcer-se de uma dor que não a larga.

LER MAIS

Surto de Covid em lares. Cresce preocupação com "utentes e trabalhadores ainda não vacinados"

O presidente da Confederação das Instituições de Solidariedade está muito preocupado com o surto de Covid-19 num lar, em Faro, que levou à morte de uma idosa, que tinha estado infetada e que tinha sido vacinada com uma dose.

Em declarações à TSF, o presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, Lino Maia, receia que este caso possa repetir-se noutros lares.

LER MAIS

Pedro Granadeiro/Global Imagens (arquivo)

Carregado pertence à AML mas tem barreira de controlo. "As pessoas ficaram com a vida cortada"

Nuno Miguel Henriques, o candidato do PSD à Câmara de Alenquer, denunciou o que considera um problema criado desnecessariamente na zona do Carregado, ao longo deste fim de semana de proibição de entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa.

O Carregado faz parte da AML, e, apesar disso, foi montada na localidade uma barreira de controlo. Nuno Miguel Henriques não aceita uma área metropolitana desenhada a régua e esquadro em Lisboa e disso deu conta ao gabinete do primeiro-ministro. O social-democrata elenca exemplos de "pessoas que estão a tirar formação num lado e estão a viver no outro e que tiveram de voltar para trás", e de outras "que iam ao comércio de um lado comprar determinadas coisas".

LER MAIS

Médicos referem ligação entre a Covid-19 e alterações psicopatológicas

* Reportagem de Cláudio Garcia

Entre os doentes que precisaram de internamento, a Covid-19 parece contribuir para perturbações do sono, dificuldades de concentração e alterações do foro psicológico e psiquiátrico.

Segundo Cláudio Laureano, diretor do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de Leiria, algumas das manifestações mais graves de infeção por SARS-CoV-2 originam "aquilo a que alguns autores já chamam Síndroma Pós-Covid", um quadro caracterizado "por ansiedade, sintomatologia depressiva, alterações do sono, e, inclusivamente, sintomas que em muito se assemelham, ou podem mesmo conjeturar, uma perturbação de stress pós-traumático".

LER MAIS

GNR deteta mais de 200 situações de incumprimento à cerca na Área Metropolitana de Lisboa

A GNR registou 210 situações de incumprimento à proibição de entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa, durante o fim de semana.

Este foi o primeiro fim de semana em que vigoraram as limitações decididas pelo Governo. As restrições terminaram esta segunda-feira, às 06h00.

LER MAIS

Fotografia: Tiago Petinga/Lusa

Brasil soma mais 1025 mortes e praia de Copacabana lembra vítimas com rosas

O Brasil registou mais 1025 óbitos por Covid-19, no dia em que a praia de Copacabana recebeu centenas de rosas em memória das mais de 500 mil vítimas mortais que a pandemia já fez no país.

O Brasil superou no sábado a barreira do meio milhão de mortos por Covid-19, tendo esta segunda-feira, com o registo diário de mais 1025 óbitos, totalizado 501.825 mortes desde o início da pandemia, de acordo com dados oficiais.

Segundo os mesmos dados, compilados pelo Ministério da Saúde brasileiro, contabilizam-se esta segunda-feira mais 44.178 infetados com o coronavírus, elevando o total para 17.927.928 infetados desde o começo da pandemia. Ao todo, 16.220.238 doentes recuperaram.

Circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa permitida a partir das 06h00

​​​​​​​A circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa (AML), que estava proibida desde as 15h00 de sexta-feira na sequência da subida dos casos de Covid-19 neste território, vai ser retomada às 06h00 desta segunda-feira.

A decisão de proibir as deslocações de e para a AML no fim de semana foi anunciada na quinta-feira pelo Governo, no final da reunião do Conselho de Ministros.

LER MAIS

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG