Apesar do frio, Porto não vai ativar plano de contingência para as pessoas em situação de sem abrigo

Regras determinam que plano só seja ativado com temperaturas mínimas abaixo dos 3 graus durante três dias consecutivos. Por apenas um grau não se cumprirá este critério.

A Câmara Municipal do Porto não vai acionar o plano de contingência para as pessoas em situação de sem abrigo por causa da vaga de frio, no entanto, haverá um reforço dos apoios para os que vivem na rua.

Contactada pela TSF, a Câmara Municipal do Porto explica que não vai acionar o plano de contingência, uma vez que que não estão reunidos os critérios aprovados por unanimidade do NPISA - Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo, que reúne mais de 60 entidades, e que pressupõe que o plano só seja ativado quando se verificam temperaturas mínimas abaixo dos 3 graus durante três dias consecutivos.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para o Porto temperatura mínimas de 3 ºC esta quarta-feira, 1 ºC na quinta-feira e 4 ºC sexta-feira.

Num comunicado enviado às redações, o município do Porto anunciou que vai reforçar as equipas de rua a partir das 21 horas desta quarta-feira, com um contingente especial constituído por dois elementos da Proteção Civil Municipal, dois elementos do Regimento dos Sapadores Bombeiros, dois técnicos do Departamento Municipal de Coesão Social e dois Técnicos das Equipas de Rua.

Estas equipas "vão atuar na distribuição de agasalhos, cobertores, fornecimento de alimentação de conforto e bebidas quentes, assegurando uma monitorização intensiva das pessoas em situação mais vulnerável, face às temperaturas mais baixas que se têm sentido nos últimos dias".

As pessoas em situação de sem abrigo que durante estas operações de rua manifestem intenção de aderir a respostas de acolhimento social serão sinalizadas e encaminhadas para o NPISA Porto.

O Porto e outros sete distritos vão estar sob aviso amarelo até às 11h00 de quinta-feira devido à persistência de valores baixos da temperatura mínima.

Notícia atualizada às 11h45

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de