App de alunos de S. João da Madeira com lotação de praias vence prémio internacional

A vitória coube à aplicação "SandSpace" ("Espaço de Areia"), concebida em maio ao longo de quatro dias de trabalho remoto por alunos do 12.º ano do Curso Técnico-Profissional de Programação da Escola Secundária Serafim Leite.

A aplicação telefónica desenvolvida por estudantes de São João da Madeira para indicar a lotação de 580 praias portuguesas durante a pandemia foi uma das vencedoras da competição internacional "Apps for Good", revelou este sábado a Escola Secundária Serafim Leite.

Segundo fonte do estabelecimento de ensino que foi fundado em 1958 no distrito de Aveiro, e que é a escola estatal com melhor média de resultados nos exames nacionais de 2019, segundo um ranking divulgado este sábado, após avaliação de 514 instituições públicas e privadas, em causa está o concurso cuja designação é traduzível por "Apps para o Bem".

A iniciativa é promovida pela plataforma homónima que, com sede em Londres, se dedica ao ensino de tecnologias em espírito startup e seleciona regularmente para avaliação diversos projetos estudantis de computação científica desenvolvidos para smartphones ou tablets, propondo-se assim divulgar o potencial dessas criações para a transformação do mundo e da sociedade.

A categoria em que os estudantes portugueses competiam era a "People's Choice Award", que visa distinguir especificamente as "Escolhas do Público" mediante uma votação online patrocinada pela marca americana Marsh, líder mundial em seguros e gestão de risco. Entre outros 13 projetos do Reino Unido e um dos Estados Unidos da América, a vitória coube assim à aplicação "SandSpace" ("Espaço de Areia"), concebida em maio ao longo de quatro dias de trabalho remoto por alunos do 12.º ano do Curso Técnico-Profissional de Programação da Escola Secundária Serafim Leite - nomeadamente Bruno Dylan, Diogo Resende, Jorge Correia e Nuno Castro, sob orientação da professora Fátima Pais.

Segundo fonte da plataforma britânica, a fase de pré-seleção envolveu "centenas de projetos" e apurou "dezasseis finalistas em seis categorias". Além da rubrica intitulada "People's Choice Award", ganha pela aplicação "SandSpace", as outras cinco modalidades competitivas eram: "Exploradores Digitais", apoiada pela marca LEGO; "Tecnólogos do Futuro", suportada pela BNY Mellon; "Fundadores e Líderes", pela Eight Roads; "Inovadores Globais", pela Spotify; e "Heróis da Comunidade", pela Vodafone.

A "SandSpace" está disponível para 'download' gratuito em dispositivos com sistema operativo Android e, num agradecimento público bilingue pela distinção, Bruno Dylan, um dos coautores do projeto, declara: "Gostávamos de agradecer a toda a gente que nos ajudou a criar, divulgar a apresentar a nossa aplicação. Isto não é só nosso - é de Portugal".

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de