Armando Vara em liberdade, a ameaça dos enfermeiros e outros destaques da TSF

A manhã TSF ficou ainda marcada pelo arranque do reforço da vacina da Covid-19, pelo anúncio do Nobel da Economia, um estudo sobre sal em excesso na comida dos hospitais e uma entrevista com o presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos.

O antigo ministro e ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos Armando Vara sai, esta segunda-feira, em liberdade. Em comunicado, o Tribunal de Execução de Penas de Évora informa que Armando Vara é libertado ao abrigo do regime excecional, no âmbito da pandemia de Covid-19, que permanece em vigor.

O Prémio Nobel da Economia foi atribuído, esta segunda-feira, a David Card, pelas suas contribuições empíricas para a economia do trabalho, bem como a Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens, pelas suas contribuições metodológicas para a análise das relações causais.

As pessoas com 80 ou mais anos vão começar a ser convocadas a partir da próxima quinta-feira para tomarem a terceira dose da vacina contra a Covid-19. A informação foi avançada pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que confirmou que o processo de reforço do fármaco começa esta segunda-feira nos lares de idosos.

O Sindicato dos Enfermeiros (SE) ameaça com greve caso não haja respostas para as reivindicações destes profissionais. Esta segunda-feira, vão juntar-se à mesma mesa todas as estruturas sindicais representativas dos enfermeiros. São sete os sindicatos que vão discutir a ausência de diálogo do Ministério da Saúde com a classe.

Francisco Rodrigues dos Santos sobreviveu a mais um tenso conselho nacional do CDS e levou avante a marcação do congresso eletivo no fim de semana de 27 e 28 de novembro. À TSF, o líder centrista diz que a motivação da oposição interna não tem que ver com política, mas com agenda pessoal, e não exclui cenário de coligação com o PSD antes das eleições de 2023.

Um estudo do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) encontrou elevadíssimos teores de sal em refeições hospitalares e um incumprimento de outras recomendações nutricionais na comida servida aos doentes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de