CSM arquiva queixa de Ivo Rosa contra Carlos Alexandre

A queixa de Ivo Rosa foi apresentada por alegados atrasos do juiz Carlos Alexandre no processo BES.

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) decidiu esta terça-feira em plenário arquivar por unanimidade a queixa apresentada pelo juiz de instrução Ivo Rosa em relação ao juiz Carlos Alexandre por alegados atrasos no processo BES.

"Relativamente à queixa do Dr. Ivo Rosa quanto ao juiz Carlos Alexandre, foi determinado o seu arquivamento", disse a relatora Sofia Martins da Silva a jornalistas, na sequência de cerca de oito horas de plenário na sede do CSM, em Lisboa, no qual a queixa entre os dois juízes do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC, mais conhecido por Ticão) foi um dos pontos em análise.

Segundo noticiou o jornal Público na passada sexta-feira, a queixa apresentada por Ivo Rosa ao CSM apontava atrasos a Carlos Alexandre em determinar arrestos e embargos no processo BES, que sendo um processo atribuído a Ivo Rosa esteve a cargo de Carlos Alexandre quando Ivo Rosa estava em exclusivo na instrução da Operação Marquês.

Ainda segundo o Público, a queixa de Ivo Rosa já teria sido analisada por uma vogal do CSM, que no parecer que elaborou terá destacado o elevado número de despachos produzidos por Carlos Alexandre enquanto substituiu Ivo Rosa, defendendo um arquivamento da queixa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de