As cheias na Europa, mais de 200 sintomas da Covid longa e outros destaques TSF

A Manhã TSF ficou ainda marcada por temas como a suspensão da vacinação em "casa aberta", devido a problemas com um lote de vacinas da Janssen, e o silêncio sobre a auditoria às obras feitas no Hospital Militar de Belém.

Entre os assuntos que definiram a manhã desta quinta-feira está o temporal que atinge o centro da Europa. Na Alemanha, já se contam pelo menos 19 mortos e há ainda cerca de 50 pessoas desaparecidas. Na Bélgica, há registo de seis vítimas mortais e um número incerto de desaparecidos.

Destaque também para a sondagem da Aximage para a TSF, o JN e o DN, que indica que a maioria dos portugueses inquiridos não quer o regresso do público aos estádios de futebol.

A TSF fala-lhe também, esta manhã, sobre o silêncio do Governo e da Inspeção-Geral de Defesa Nacional sobre a auditoria às obras feitas no Hospital Militar de Belém. As duas entidades atiram responsabilidades de uma para a outra. Respostas? Zero.

Na ordem do dia está ainda o rescaldo da decisão do Tribunal Constitucional, que chumbou os apoios sociais aprovados pela Assembleia da República sem o consentimento do Governo. Ao antecipar as jornadas parlamentares do PS, a líder parlamentar socialista sublinhou que não cabe ao Parlamento violar a norma-travão.

E também os contratempos na vacinação continuam a ser tema, depois de, esta quarta-feira, o Infarmed ter anunciado que vai investigar um lote de vacinas da Janssen, após terem sido registados episódios de desmaios. A suspensão do lote em causa gerou uma redução do número de vacinas disponíveis que já obrigou a task force a cancelar a modalidade de vacinação de "casa aberta".

Para aqueles que são, de facto, infetados pelo coronavírus, a doença pode prologar-se e com muito mais sintomas do que poderíamos pensar. O maior estudo feito acerca da síndrome de Covid-19 longa revela que os doentes podem apresentar mais de 200 sintomas diferentes, durante, pelo menos, sete meses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de