Autarquia confirma aumento de casos no concelho de Viseu

Câmara já pediu reforço da fiscalização da via pública e recomenda o uso de máscara na via pública.

O presidente da câmara de Viseu confirma que tem havido um aumento substancial de casos de infeção no concelho de Viseu.

Sexta-feira, uma das justificações da autoridade de saúde para suspender a realização do Académico de Viseu - Académica de Coimbra, marcado para este sábado de manhã, foi a existência de transmissão comunitária ativa no concelho e o facto de existirem três elementos da equipa de Viseu infetados.

Ouvir pela TSF, o presidente da Câmara, Almeida Henriques, indica que o concelho está com um aumento de cerca 40 por cento e "a aproximar-se dos 200 casos em Viseu", algo que resulta de situações de mobilidade, férias, estudantes que regressam a Viseu, festas familiares em que "as pessoas descuram muitas vezes as regras de proteção".

Todas estas situações, adianta o autarca, tornam difícil verificar a linha de contágio.

Perante a situação, o autarca de Viseu pediu o reforço da fiscalização na via pública, "sobretudo para controlar a questão das bebidas alcoólicas" e também "um maior controlo das horas de fecho".

Embora o uso de máscara na via pública não seja obrigatório, Almeida Henriques considera que existem casos em que se justifica esta utilização como por exemplo quando se está numa esplanada com pessoas que não são do grupo familiar, ou quando se pára para falar com pessoas que não são do grupo familiar ou em situações de ruas estreitas e com movimento.

Um concelho que se junta aos dos autarcas de Guimarães e de Portalegre, que recomendaram o uso de máscara na via pública, nos respetivos conselhos, nos últimos dias.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de