Autoagendamento dos 12 aos 15 anos começa esta quinta-feira. Vacinação arranca a 21 de agosto

Jovens dos 12 aos 15 anos devem estar completamente vacinados no dia 19 de setembro, o último da vacinação desta faixa etária.

A task force da vacinação contra a Covid-19 revelou que os jovens dos 12 aos 15 começam a ser vacinados no fim de semana de 21 e 22 de agosto, com o autoagendamento a abrir já esta quinta-feira.

"Durante o período de 12 a 14 de agosto, o auto agendamento será exclusivo para os utentes dos 12 aos 15 anos de idade, a vacinar nos fins de semana de 21 e 22 de agosto e de 28 a 29 de agosto", revela a equipa liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo numa nota enviada às redações esta quarta-feira.

Os jovens que forem vacinados com a primeira dose no fim de semana de 21 e 22 de agosto recebem a segunda "no fim de semana de 11 e 12 de setembro".

Já os que receberem a primeira dose a 28 e 29 de agosto concluem o processo de vacinação "no fim de semana de 18 e 19 de setembro".

Com este esforço de vacinação, que deve ser concluído ainda antes do início do ano letivo, fica suspenso o autoagendamento dos utentes com idade igual ou superior a 18 anos entre os dias 12 e 14 de agosto, reabrindo no próximo domingo, 15 de agosto.

A task force assinala ainda que a segunda dose da vacina é sempre tomada no mesmo local da primeira. O agendamento da vacina pode ser efetuado em https://covid19.min-saude.pt/pedido-de-agendamento/

O fim de semana de 14 e 15 de agosto está reservado à vacinação dos jovens com 16 e 17 anos.

Gouveia e Melo diz que meta vai ser atingida

Esta manhã, o vice-almirante Gouveia e Melo já tinha explicado que o dia 19 de setembro está fixado há já algum tempo como a data em que a vacinação deste grupo etário estará concluída.

"Planeámos esta ação para acabar no dia 19 de setembro, mas já planeámos há mais de três semanas. E porquê para acabar nessa data? Por causa das escolas, por causa do início do ano escolar." O vice-almirante defende que há condições para que este prazo seja cumprido. "Continuamos com essa meta, e tudo indica que vamos atingir essa meta. Nós não podemos garantir a 100% que atingimos as metas todas, mas tudo indica que sim, que vamos atingir essa meta."

O responsável da task force repetiu ainda os apelos para que os jovens se vão vacinar. Quanto à população em geral, Gouveia e Melo espera que todos façam o que lhes compete para libertar o país do coronavírus até ao fim de setembro. "É isso que temos de fazer: libertar este país de um vírus", ilustrou.

Na terça-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou a vacinação universal das crianças e jovens entre os 12 e os 15 anos, deixando assim de ficar circunscrita a situações específicas, como os casos em que existam doenças de risco.

Portugal já tem 62% da população com vacinação completa contra a covid-19 e 71% com pelo menos uma dose administrada, com os maiores de 65 anos quase totalmente vacinados.

O relatório mais recente de vacinação contra a covid-19 da DGS contabiliza 7.330.505 residentes em Portugal (71%) com pelo menos uma dose de vacina administrada e 6.403.987 pessoas (62%) com a vacinação completa.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de