Aviões já aterram no aeroporto da Madeira. TAP vai realizar voos extra de maior capacidade

Situação no aeroporto deverá normalizar esta tarde.

O vento abrandou no arquipélago da Madeira, mas as operações aéreas continuam condicionadas. Esta manhã, já se realizaram alguns voos com partidas e chegadas ao aeroporto de Santa Cruz, no entanto, a TAP cancelou dois voos que deveriam partir da Madeira, em direção a Lisboa e ao Porto.

Prevê-se que as condições meteorológicas melhorem durante a tarde, quando a situação no aeroporto deverá ficar normalizada.

A TAP irá realizar, durante a tarde, dois voos extra em Airbus A330, aviões de maior capacidade, para transportar os passageiros que ficaram retidos devido ao mau tempo. Também a companhia aérea espanhola Binter, que efetua as ligações regulares entre Madeira e Porto Santo, tem um voo extra marcado para esta sexta-feira.

Esta quinta-feira, o vento forte manteve todo o território do arquipélago sob aviso laranja lançado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). As condições meteorológicas levaram ao cancelamento de 52 movimentos no aeroporto da Madeira, entre chegadas e partidas, durante o dia.

As más condições atmosféricas atingiram ainda o mar, com a Capitania do Porto do Funchal a emitir igualmente um aviso de agitação marítima forte, aconselhando as embarcações a regressar aos portos de abrigo.

O Serviço Regional de Proteção Civil recomendou à população que fechasse as portas e janelas, evitasse viajar nas zonas afetadas pelo aviso meteorológico, não circulasse por zonas com prédios degradados e prestasse atenção às estruturas montadas (andaimes, toldos, tendas, telhados).

Também o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza emitiu um alerta para a não realização de percursos na natureza.

O secretário regional do Turismo, Eduardo Jesus, que ficou retido em Lisboa, falou numa "situação extraordinária". "Temos um plano de contingência que envolve a ilha de Porto Santo. Neste caso em particular, nem a isso podemos recorrer, porque o navio que faz a ligação entre a Madeira e o Porto Santo também não faz hoje a ligação por causa destas condições adversas de vento", contou à TSF.

Esta sexta-feira, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera mantém apenas um aviso amarelo para a agitação marítima e para o vento nas regiões montanhosa, que deverá manter-se ativo até às 12h00.

Notícia atualizada às 8h26

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de