"Batalha não está ganha." Níveis de vacinação não significam que a pandemia "tenha terminado"

Na conferência TSF/DN sobre sustentabilidade em saúde, Diogo Serras Lopes, secretário de Estado da Saúde, defende que a ideia de que "parece que já passou tem de ser combatida de forma veemente".

A batalha contra a Covid-19 não está ganha e é preciso combater essa ideia de forma veemente. Esta é uma mensagem deixada pelo secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, na conferência TSF/DN sobre sustentabilidade em saúde.

"Esta batalha obviamente ainda não está ganha, eu vou ouvindo por aí muitas ideias de que parece que já passou e eu acho que essa ideia tem, muito sinceramente, que ser combatida de forma veemente", defende.

"Mesmo com os níveis de vacinação que temos no país e a vacinação tem corrido francamente bem", o secretário de Estado da Saúde reforça que "não quer dizer que tenha terminado". "Muito menos quer dizer que já saibamos tudo o que temos para saber sobre esta pandemia", refere.

Diogo Serras Lopes sublinhou que o Serviço Nacional de Saúde é sustentável e deu provas disso durante a pandemia. O secretário de Estado da Saúde defendeu também a necessidade de utilizar melhor os recursos para tratar mais pessoas e lembrou a ajuda que vai ser dada pela "bazuka" europeia.

Esta é mais uma conferência sobre sustentabilidade em saúde organizada pela TSF, Diário de Notícias e AbbVie. O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, vai encerrar a conferência por volta da hora de almoço.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de