"Beleza em todas as suas formas." Vamos ao cabeleireiro com "tratamento especial"

Oito jovens com trissomia 21 estão a fazer um curso que pode dar-lhes um emprego como cabeleireiros. A ideia nasceu no Brasil e chega agora a Portugal. O objetivo é integrar aqueles que, muitas vezes, são olhados como diferentes.

Catarina Valente, Carina Fumega e Marta Bombert são apenas três dos oito jovens escolhidos para participar no primeiro curso em Portugal, do projeto "Beleza em todas as suas formas". A ideia é incluir jovens com deficiência intelectual no mercado de trabalho através do curso cabeleireiro.

Estes primeiros alunos pertencem à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Lisboa e alguns querem mesmo seguir a profissão e ter o próprio salão.

Até lá, têm vários meses de formação, com profissionais do setor, que consideram que esta primeira experiência está a correr bem, apesar de algumas limitações que os próprios alunos reconhecem. Uma das mais importantes é a dificuldade em coordenar as duas mãos ou ler os rótulos dos produtos que precisam de utilizar nesta "arte de bem pentear".

Nada que trave a vontade e a alegria destes 8 aprendizes, que, garante uma das formadoras, têm uma sensibilidade e uma dedicação que muitos já perderam.

A TSF esteve na segunda "aula" deste curso e foi testemunha do "tratamento vip" dado aos "clientes" destes futuros cabeleireiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de