Bolhas natalícias. Famílias devem tentar reduzir contactos antes do Natal

Na perspetiva do especialista, a mensagem principal deve ser de tentar reduzir mais ainda a incidência até ao Natal.

O epidemiologista Baltazar Nunes defende que é fundamental reduzir a incidência da Covid-19 na população para que a curva não se agrave depois dos encontros das festas e, para tal, recomenda que as famílias reduzam os contactos desnecessários antes da época natalícia.

"Um dos fatores que mais promove a transmissão é a presença de indivíduos infecciosos na população. Até lá, quanto mais conseguirmos reduzir a incidência mais temos a probabilidade que a curva seja menor", explica durante o encontro de atualização da situação epidemiológica desta quinta-feira

Na perspetiva do especialista, "a mensagem é tentar reduzir mais ainda a incidência até esse período".

Baltazar Nunes sugere que, à semelhança do que está a ser aconselhado no Reino Unido, "no período imediatamente antes seria importante que as pessoas criassem bolhas de Natal, ou seja, a família que se vai reencontrar tentar reduzir o número de pessoas com quem tem contacto nos dias anteriores" a esses encontros festivos.

O especialista adianta ainda que está a ser planeado um novo inquérito serológico nacional para aferir o grau de imunidade da população.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de