Brigada Estudantil assinala Dia do Estudante com manifestações em Lisboa, Porto e Coimbra

Movimento estudantil espera juntar centenas de pessoas em prol de melhores condições para estudar em Portugal.

Para assinalar o Dia Internacional do Estudante, a Brigada Estudantil organiza esta terça-feira manifestações em Lisboa, no Porto e em Coimbra.

O grupo nasceu no dia 25 de abril do ano passado e defende o fim das propinas no Ensino Superior e mais investimento nas universidades, explica à TSF o ativista Miguel Henriques.

"Precisamos de mais alojamento estudantil, precisamos de investimento do Estado em residências e parar com este desinvestimento crónico que sabemos que existe devido ao Bloco Central que nos governa há algum tempo. Precisamos que haja mais bolsas de estudo (...) e que estas sejam mais acessíveis", defende.

Este trata-se de um movimento que luta pelos direitos dos estudantes do ensino secundário e do ensino superior, independente das associações de estudantes.

"Somos um movimento estudantil coletivo, orgânico" e apartidário, mas defensor de "uma visão de classes, mais à esquerda", explica Miguel Henriques.

A Brigada Estudantil sai à rua às 16h00 em Lisboa, no Largo Camões, no Porto, frente à reitoria da Universidade, e em Coimbra, na Praça da República. Espera reunir entre 100 e 200 pessoas em cada cidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de