Câmara de Portalegre recomenda uso de máscara nas ruas do concelho

Autarca defende que, com a chegada do inverno e a reabertura das escolas, é "fundamental" que as máscaras sejam usadas como meio de proteção.

A Câmara de Portalegre apela, esta sexta-feira, aos munícipes para que usem máscara quando circulam nas ruas do concelho. A autarquia de Guimarães lançou também, esta manhã, esse mesmo apelo depois da deteção de vários casos de Covid-19.

À TSF, a presidente da autarquia de Portalegre, Maria Adelaide Teixeira, explica que esta recomendação surge depois de "casos de pessoas do munícipio que estiveram em contacto direto com pessoas infetadas e, no entanto, testaram negativo".

Maria Adelaide Teixeira realça que estes testes negativos aconteceram porque os contactos em questão "estavam com máscara" e, por isso, "vem corroborar o uso da máscara".

"As pessoas têm de interiorizar que é fundamental, é crucial para a saúde de todos o uso da máscara, mesmo num espaço público", reforça.

Esta sexta-feira, Portalegre tem 21 casos confirmados de Covid-19 com origem num restaurante e há uma centena de testes que continuam à espera de resultado.

A câmara defende que o uso de máscara é fundamental, mesmo na rua e não apenas durante o surto que afeta o concelho.

"Vamos entrar num período de inverno que é propício a outro tipo de contágios e gripes, com as escolas a abrir e é importante, é fundamental" que as máscaras sejam usadas, recomenda a autarca.

Questionada sobre se as autoridades de saúde devem tornar obrigatório o uso de máscara em qualquer espaço público, Maria Adelaide Teixeira defende que a situação "deve ser ponderada, no mínimo".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de