Câmara de Sintra vai reforçar testes à Covid-19

Empresas de construção civil vão ser a principal preocupação nos próximos tempos.

O município de Sintra vai reforçar os testes à Covid-19, anunciou este domingo o presidente da câmara, Basílio Horta, depois de uma reunião com a ministra da Saúde, Marta Temido. Sintra é um dos cinco concelhos da região de Lisboa que mais preocupa as autoridades de saúde nesta fase da pandemia.

No final do encontro, em declarações à RTP, Basílio Horta declarou que o aumento da quantidade de testes é dirigido a setores específicos.

"Estamos a fazer milhares de testes e vamos continuar, mas vamos incidir sobre empresas de construção civil, por exemplo", detalhou o autarca, sem nomear as empresas que vão ser alvo de um reforço da testagem. "Vai haver uma resposta" para todas as situações que carecem de uma, garante, "sejam lares, empresas, escolas ou todos os casos de risco".

Com a ministra da Saúde ao seu lado, Basílio Horta não deixou de criticar o discurso do Governo, no qual identifica alguma "incoerência".

"Parece que num dia temos de estar todos em casa e no dia seguinte já podemos ir à praia e aos restaurantes", nota o autarca, sublinhando que "tudo isto é verdade, mas tem de ser feito com grande cuidado, grande rigor e não pode ser feito de qualquer maneira".

Sobre a luta contra a Covid-19, Basílio Horta lembra que há "um conjunto de situações a que temos de responder e a primeira condição é a de que tenhamos consciência da necessidade de encarar esta pandemia".

"A pandemia não acabou e o pior que podia acontecer ao nosso país é voltar para trás", alerta o autarca.

Sem fugir à conversa, a ministra da Saúde acabou por reconhecer alguma dificuldade em transmitir uma mensagem clara.

"É difícil passar algumas mensagens, mas temos de persistir", reforçou Marta Temido. "Precisamos de comunicar com públicos mais jovens, são o novo grupo de infetados aqui em Lisboa e Vale do Tejo, em quem a doença tende a ser mais ligeira em sintomas."

Por fim, e uma vez mais, ficou a mensagem: "Se estiverem doentes fiquem em casa e não contactem ninguém."

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de