Campanha eleitoral até ao fim, dispensa de coima por causa do IRS e outros destaques TSF

António Costa garante que esta não será a sua última campanha como líder do PS.

No último dia de campanha, continuamos a acompanhar os últimos comícios em que participam os líderes partidários. António Costa começou o dia na região de Lisboa e irá fechar a campanha a norte.

O secretário-geral do PS irá estar ao lado dos candidatos à Câmara do Porto e de Viseu. Antes, em Lisboa, António Costa recusou que esta seja a sua última campanha como líder socialista.

Na oposição, destaque para Rui Rio. O líder do PSD encerrou a campanha das autárquicas nos Açores com críticas ao PS. Rio lamentou a "metralhadora e a rajada de promessas" que Costa fez ao país.

Nos outros temas da atualidade, destacamos uma informação útil: os contribuintes que entregaram IRS até 26 de julho podem ter uma dispensa de coima.

Lá fora, na Guiné-Bissau, um avião da TAP colidiu com um pássaro durante a aterragem. Apesar de ser comum, o incidente obrigou a uma vistoria técnica à aeronave.

Os últimos dados da pandemia referentes às últimas 24 horas apontam para uma tendência decrescente. No entanto, o relatório da DGS indica que há de novo um concelho em risco extremo e sete em risco elevado devido a novos casos.

De regresso à política nacional, o Presidente da República deixou um aviso: "mais responsabilidades" nas Forças Armadas têm de ter os "meios adequados".

Em Itália, Carles Puigdemont, ex-presidente do Governo da Catalunha, saiu da prisão um dia depois de ter sido detido. O antigo governante não poderá, no entanto, abandonar a Sardenha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de